Você sabe o que é a Síndrome do Atraso das Fases do Sono?

Sono atrasado

Quantas vezes você chamou um irmão ou filho adolescente de preguiçoso só porque ele dorme até tarde? Ou brigou com esta mesma pessoa pelo fato dela ir para a cama bem além do horário normal de dormir?

Nem você nem ele podem saber, aliás não se sabe quanto da população sofre disso, mas ele pode sofrer da Síndrome do Atraso das Fases do Sono (SAFS).

A pessoa que tem esta síndrome, digamos, possui outro ritmo, às vezes mais estendido do que o normal. Um ciclo de sono normal é de 24 horas, mas quem tem SAFS pode ter um ciclo maior, de 25 horas ou mais. Uma das características principais é o de ir para a cama mais tarde e a vontade de dormir até mais tarde, como forma de completar o ciclo.

Mas como o relógio biológico de quem tem SAFS não combina com o relógio externo (das atividades diárias), a pessoa sofre com a privação de sono. Pois, se a característica mais comum dessas pessoas é dormir mais tarde, o normal seria acordar mais tarde também, porém, para quem tem que acordar cedo, torna-se um problema, pois interrompe o ciclo de sono, o que leva a consequências ruins em suas rotinas diárias, trabalho ou escola, vida social, entre outras, pelo acúmulo do sono e cansaço.

Estudos comprovaram que a SAFS é responsável por aproximadamente 10% de todos os casos de insônia crônica. Por isso, deve ser considerada e também tratada quando percebida.

Não se sabe o quanto da população sofre de SAFS, mas ela ocorre mais visivelmente na puberdade, quando o organismo dos jovens está em mudança. Os atrasos no ritmo de quem tem a síndrome alteram os hábitos de sono e ritmo biológico (sono e vigília), explicando o fato de um adolescente funcionar melhor à noite e querer ficar dormindo até muito tarde.

A SAFS pode prejudicar estas pessoas em questões de produtividade escolar ou mesmo de socialização. Estão sempre cansados, não tem atenção ou ficam mal-humorados.

Um dos tratamentos mais indicados a quem sofre da síndrome é expor a pessoa à luz. Isto mesmo! Nosso relógio biológico é influenciado pela luz e a fototerapia é uma forma de ajudar a ajustar o organismo ao ciclo normal de 24 horas. Estudos comprovam que 30 minutos de exposição diária fazem o relógio biológico voltar a funcionar de forma normal, dentro das 24 horas do dia.

A síndrome existe, mas pode ser controlada a fim de não prejudicar quem dela sofre. O sono é algo muito importante para a manutenção da saúde e bem-estar de todos, por isso deve ser de qualidade.

A Maxflex, líder nacional em desenvolvimento, fabricação e comercialização de colchões e sistemas de dormir, está sempre atenta ao que se relaciona à qualidade de sono, pois quer que seus clientes passem pela experiência do sono restaurador. Acesse nossos canais para obter informações sobre o sono e visite nossas lojas para conhecer nossos produtos e conversar com nossos especialistas em sono.