Melhor travesseiro: dicas para escolher certo e dormir com conforto

Melhor travesseiro: dicas para escolher certo e dormir com conforto

Provavelmente você sabe qual o colchão mais indicado para dormir bem, mas será que sabe qual o melhor travesseiro?

Embora se pareçam muito, acredite: travesseiros não são todos iguais.

Da mesma forma que existem colchões mais ou menos adequados para cada pessoa, o travesseiro também deve ser selecionado com critério.

Para acabar com suas dúvidas, neste conteúdo a gente vai mostrar como escolher bem para ter noites de sono serenas.

Vá em frente e aproveite a leitura!

Melhor travesseiro: por que encontrar o seu?

Segundo a Sleep Foundation (neste texto em inglês), adultos entre 18 e 64 anos de idade precisam dormir entre 7 e 9 horas por noite.

Em contrapartida, no Brasil, 65% das pessoas têm algum tipo de problema para dormir, de acordo com pesquisa realizada pelo Ibope para a biofarmacêutica Takeda.

Entre os fatores que podem nos levar a dormir menos e pior está a qualidade do travesseiro, bem como seu ajuste à cabeça e ao pescoço.

Por isso, saber como escolher é fundamental para que a qualidade do sono e quantidade de horas dormidas sejam perfeitas.

Como escolher o melhor travesseiro

O primeiro passo para escolher o melhor travesseiro é considerar as suas necessidades e preferências.

Há quem prefira aqueles com apoio mais firme e alto, enquanto outros se sentem melhor com modelos mais baixos.

Por outro lado, é preciso também avaliar o produto em si, já que diversos materiais podem ser usados na composição de um travesseiro.

Seja qual for a sua escolha, você pode encontrar agora o seu travesseiro ideal com a Maxflex.

Para ajudar, destacamos a seguir fatores que você precisa colocar na balança na hora de decidir qual travesseiro comprar. 

Acompanhe!

Posição ao dormir 

Quem costuma dormir de lado precisa de um travesseiro mais firme, na comparação com quem dorme com a barriga para cima.

A posição em que você costuma dormir influi diretamente na decisão. 

É um critério fundamental para uma escolha acertada.

No caso do exemplo citado acima, é bom ressaltar que quem dorme de lado e tem problemas de coluna precisará de outro tipo de travesseiro, como veremos mais à frente.

Material

Também veremos adiante que vários tipos de material diferentes entram na composição de um travesseiro.

Cada um deles apresenta mais ou menos firmeza, consistência e durabilidade.

Quanto mais sofisticado o material ou o valor agregado em sua composição, maiores serão também os custos.

Assim sendo, vale calcular o custo-benefício ao comprar.

Lembre-se: nem sempre o travesseiro mais caro é o melhor para você.

Densidade

Colchões são fabricados com densidades diferentes, tendo em vista as diferenças de peso e altura entre as pessoas.

Com os travesseiros, acontece o mesmo.

Procure conhecer a densidade do material antes de comprar e veja se ele é compatível com o seu perfil.

Nesse caso, o que importa é o tipo de apoio e sustentação que o produto vai dar para sua cabeça e pescoço.

Altura

Quando se trata de travesseiro, o detalhe faz toda a diferença.

Um deles é o quanto mede a distância entre a extremidade dos seus ombros e sua cabeça.

Caso você venha a comprar um travesseiro cuja altura seja menor que essa distância, ao dormir de lado sua cabeça ficará torta, sobrecarregando a cervical.

Então, antes de decidir, procure saber se a altura do travesseiro se ajusta a esse espaço de maneira anatômica.

Marca

Outro ponto muito importante a ser considerado é a procedência.

Por isso, ao avaliar o produto, tenha também em conta o fabricante.

Vale se orientar pela reputação das marcas de colchão nesse caso.

Se a marca tem credibilidade nesse segmento, então é muito alta a probabilidade de que fabrique bons travesseiros também.

É o caso da Maxflex, opção muito respeitada quando o assunto é colchão ou travesseiro.

Quais os tipos de travesseiros

Na hora de deitar, um colchão de espuma é totalmente diferente de um com molas pocket.

Novamente, a analogia serve para ilustrar o segmento de travesseiros.

Um produto feito com látex terá especificações e características diferentes, se comparado com um de viscoelástico, por exemplo.

Veja então quais são os tipos de travesseiros mais conhecidos e de que forma eles contribuem para uma noite de sono melhor.

Espuma

Os travesseiros de espuma mais comuns são os de poliuretano.

Sua característica principal é a firmeza, ou seja, não são indicados para quem procura por maciez.

Em contrapartida, isso faz com que eles sejam menos suscetíveis à deformação, já que suportam melhor o peso da cabeça.

Também são bons para quem precisa manter o alinhamento do pescoço ao longo da noite.

Látex

Você é daqueles que se mexem muito enquanto dorme?

Caso positivo, então pode ser que os travesseiros de espuma de látex sejam melhores para você.

Isso porque eles são mais maleáveis, moldando-se ao corpo seja qual for a posição.

Além disso, têm uma textura aveludada que os torna bastante confortáveis.

Não menos importante, são considerados antialérgicos e ajudam a dissipar mais rapidamente os fluidos da transpiração.

Penas/plumas de ganso

Enquanto os travesseiros de espuma de poliuretano são mais firmes e os de látex, moldáveis, os de penas de ganso são mais macios.

Então, se você normalmente dorme de lado, esse tipo de travesseiro pode não ser o mais indicado.

Há travesseiros de pena de ganso antiácaro bastante duráveis.

Alguns podem ser utilizados tranquilamente por até 10 anos.

Por isso, se decidir por esse tipo de travesseiro, certifique-se de que ele recebeu o tratamento que inibe a proliferação desses microrganismos, especialmente se for para uma pessoa alérgica.

Viscoelástico

A alta tecnologia também se aplica na fabricação de travesseiros.

Nesse caso, o destaque são os fabricados com viscoelástico, mais conhecidos como “travesseiros da NASA”.

Eles são chamados assim porque foram desenvolvidos pela agência espacial norte-americana especialmente para os seus astronautas.

Trata-se de um material bastante resistente e maleável, que se ajusta aos contornos da cabeça e do pescoço.

Outra característica desses travesseiros é serem termossensíveis, ou seja, além de se moldarem ao desenho da cabeça, eles também se ajustam à temperatura do corpo.

De quebra, melhoram a circulação e ainda previnem dores musculares.

Pluma sintética

Travesseiros de pluma de ganso podem ser mais caros, em virtude da maior dificuldade em obter sua matéria prima.

Por isso, foram desenvolvidos os de pluma sintética, cujo material imita a consistência das penas de ganso.

Eles apresentam maciez e firmeza muito parecidas, podendo também receber tratamento antialérgico.

Fibra/microfibra

Igualmente mais acessíveis nos preços são os travesseiros de fibra ou microfibra.

Suas características principais são a leveza e a maciez.

Indicados, portanto, para quem valoriza um produto menos rígido.

No entanto, eles tendem a reter a temperatura, o que vem a ser um inconveniente nas épocas mais quentes do ano.

Nesse caso, quem não dispõe de ar condicionado pode sentir dificuldades em dormir com travesseiros desse tipo. 

Com altura regulável

Até aqui, vimos travesseiros cuja consistência e material usado na fabricação os tornam mais ou menos altos.

Esse problema deixa de existir com os travesseiros com regulagem de altura.

Para isso, eles contam com até três camadas em seu interior, que permitem o ajuste da altura do travesseiro.

Se estiver muito baixo, basta adicionar mais uma camada.

Se estiver alto demais, retira-se uma ou duas e pronto.

Molas

Sim, existem travesseiros com molas e são indicados para quem prefere um travesseiro mais maleável.

Assim como os colchões, as molas são independentes, o que as torna praticamente à prova de ruído.

Isso sem contar que elas são fabricadas com um sistema de ventilação, graças aos casulos em seu interior.

Além de maleáveis, os travesseiros com molas também são indicados para quem precisa de mais sustentação, já que a espuma em sua composição também confere apoio e firmeza para a cabeça.

Qual o melhor travesseiro para dormir bem

É preciso considerar as individualidades ao buscar por um travesseiro.

Cada caso é um caso

Por isso, apresentaremos a seguir alguns casos especiais, com a solução de qual produto se ajusta melhor a cada um deles.

Confira:

Melhor travesseiro para cervical

Quem sofre de dores ou problemas articulares na coluna cervical, precisa de um travesseiro com mais firmeza.

Portanto, o mais indicado para pessoas nessa condição são os de espuma de poliuretano ou os de viscoelástico.

Mas lembre-se: o médico ortopedista é o especialista que pode dizer com conhecimento de causa qual o travesseiro mais adequado para quem tem dores.

Melhor travesseiro para bebê

Ao contrário do que se possa imaginar, até completar um ano de vida, os bebês não precisam de travesseiro.

Depois disso, o melhor são travesseiros mais finos e que não sejam de pena de ganso.

A Maxflex tem uma excelente opção para bebê e outra para crianças maiores.

Lembrando que o tratamento antiácaro também é recomendado em travesseiros para crianças com alergias.

Melhor travesseiro para dores no pescoço

Dores no pescoço podem ser causadas tanto por excesso de firmeza quanto por falta dela.

Sendo assim, travesseiros mais maleáveis, como os de látex, são mais indicados para quem sofre desse mal.

Melhor travesseiro antialérgico

Como vimos, boa parte dos travesseiros recebe tratamentos antiácaros e antialérgicos.

Portanto, pessoas alérgicas devem dar preferência a produtos com essas características na hora de comprar.

Melhor travesseiro para quem tem fibromialgia

A fibromialgia é uma doença que provoca dores difusas pelo corpo, prejudicando o sono.

Pessoas diagnosticadas com essa enfermidade precisam de um travesseiro que ofereça suporte e, se possível, que também seja um massageador natural.

Mais uma vez, os de viscoelástico se destacam, já que são maleáveis e ajudam a melhorar a circulação.

Melhor travesseiro para quem tem rinite

A rinite é um problema respiratório causado por uma alergia.

Dessa forma, os travesseiros para quem tem a doença devem ser obrigatoriamente tratados contra ácaros e outros microrganismos causadores de reações alérgicas.

Nesse caso, a preferência é por travesseiros com enchimento sintético, já que eles evitam a proliferação de ácaros.

Melhor travesseiro para quem tem refluxo

Já as pessoas que sofrem de refluxo têm travesseiros desenvolvidos especialmente para ajudar a lidar com esse problema.

Desenhado em formato triangular, ele ajuda a manter a cabeça sempre elevada, evitando a regurgitação.

Melhor travesseiro para quem tem escoliose

Para quem tem escoliose, o mais importante é manter a sustentação da coluna enquanto dorme.

Além de preferir dormir de barriga para cima, vale usar um travesseiro com apoio mais firme e que mantenha a coluna na mesma posição.

Melhor travesseiro para quem tem problema de coluna

As mesmas recomendações valem para os que têm outros tipos de problema de coluna.

Dependendo do tipo de desvio, o ideal é dormir de barriga para cima ou de lado, evitando dormir de bruços.

Melhor travesseiro para quem ronca

Tal como os travesseiros para quem tem refluxo, existem aqueles desenvolvidos para quem ronca à noite.

Os travesseiros antirronco ajudam a minimizar a apneia do sono, devendo ser utilizados como complemento aos aparelhos do tipo CPAP, que fornecem pressão positiva às vias aéreas enquanto o indivíduo dorme.

Melhor travesseiro para quem dorme de bruços

A maioria dos especialistas recomenda evitar dormir de bruços, já que essa posição causa problemas na coluna.

Mas, se você não consegue dormir em outra posição, então é indicado usar um travesseiro mais macio, como os de pena de ganso.

Melhor travesseiro para quem dorme de barriga para cima

Por sua vez, pessoas que dormem mais de barriga para cima precisam de travesseiros mais baixos e que não forcem a cervical.

Outra dica para dormir bem nessa posição é colocar um travesseiro extra embaixo dos joelhos.

Onde comprar os melhores travesseiros do mercado

Como vimos, o que não faltam são modelos de travesseiro para escolher.

Pela internet, você pode pesquisar pelos melhores preços e modelos, com a vantagem de poder fazer um comparativo sem sair de casa.

A Maxflex tem uma linha completa de travesseiros, um mais lindo e confortável do que o outro.

Que tal o travesseiro natural látex LanLan, feito com sistema de ventilação com pequenos furos que promove o microclima saudável para o sono?

A melhor marca de travesseiro

Seja qual for a sua necessidade, uma coisa é certa: a Maxflex tem o travesseiro ideal para você.

Nossos produtos são desenvolvidos com alta tecnologia e as melhores matérias primas para você ter noites de sono tranquilas.

Conheça nossa linha de travesseiros e durma melhor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *